Crédito

Hoje em dia não é usual a aquisição de um carro ser feita com pagamento a pronto. Existem assim várias opções para contornar esta dificuldade, nomeadamente Crédito Automovel, Leasing, Ald e Renting. Passamos a explicar as características de cada uma delas:

Crédito automóvel

É a modalidade de crédito mais utilizada em Portugal e pode ser usado na aquisição de um carro novo ou usado, o mesmo fica em nome do cliente mas com reserva de propriedade ou hipoteca a favor da instituição financeira. Pode ainda fazer amortizações totais ou parciais do valor em divida, mas certifique-se sempre que irá assim poupar nos juros a pagar.credito

Outras características:

Quanto mais recente o carro mais baixa será a taxa de juro;

O seguro pode ser apenas contra terceiros;

Entrada inicial opcional;

Processo de crédito rápido e simples;

Há quem defenda que é a opção mais dispendiosa que seja feito através do banco ou dos stands.

Ver aqui simuladores http://www.ocreditoautomovel.com/simuladores/

Leasing

Aqui existe um acordo de financiamento com uma empresa de leasing ou locadora que cede, e um locatário que utiliza um carro adquirido novo, durante um período de tempo pré determinado, com a contrapartida do pagamento de uma renda mensal. No final da operação o locatário pode adquirir o carro com o pagamento do valor residual combinado inicialmente passando assim a ser o proprietário do carro.

Outras características:

Prazos que variam os 12 e 96 meses;

Pode-se ceder a posição contratual sem terminar o contrato;

Rendas baixas resultantes de baixas taxas de juro e valor residual alto;

Pode ser obrigatório a contratação de um seguro contra danos próprios;

Valor residual até 25% do valor inicial (pode servir para adiar o pagamento no final do contrato);

As empresas, empresários em nome individual ou profissional liberal têm benefícios fiscais se o carro for um veiculo comercial (recuperação do IVA).

Há quem defenda que é a opção mais vantajosa.

ALD (Aluguer de Longa Duração)

A locadora (que cede) a utilização do carro adquirido novo mediante o pagamento de um aluguer mensal. É uma modalidade muito flexível, pois a entrada inicial pode ir até 60%, com ou sem pagamento no final do contrato, o plano de pagamentos pode ser ajustado durante o contrato, pode ceder a posição contratual, mas a duração máxima é de 60 meses. No entanto as taxas de juro são geralmente mais elevadas que as dos leasings.

Outras características:

Operação simples;

Seguro contra danos próprios é obrigatório;

No final do contrato o carro e seu sem pagamento de valores residuais;

As empresas, empresários em nome individual ou profissional liberal têm benefícios fiscais.

RENTING ou Aluguer Operacional de Viaturas (AOV).

Nesta opção só tem que se preocupar em utilizar e pagar a renda mensal. É apenas aplicável para carros novos e nesta opção além do contrato incluir o aluguer do carro, pode ainda incluir outros serviços como o seguro, as revisões, pneus, etc. O contrato pode variar entre 1 a 4 anos e é relativamente complicado comparar propostas de renting pois os serviços incluídos variam muito de empresa para empresa. Aqui só se está a pagar a desvalorização do carro durante o período contratado, afinal de contas é uma renda, também não vai ter a hipótese de adquirir o carro no final do contrato.

Outras características:

Não há preocupações com manutenções, pneus, avarias, seguros, etc.

Serviços que podem ser incluídos:

- Resolução de avarias sem custos;

- Manutenção do carro;

- Pneus;

- Seguro contra danos próprios;

- Viatura de substituição;

- Gestão dos impostos;

- Cartão de combustível.